Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

A Prenda de Natal mais Odiada… (Parte II)

 

Lembram-se do meu post A Prenda de Natal mais Odiada… ? Na altura em que escrevi este texto, nem sequer me atrevi a pensar noutra prenda que realmente causasse…

                                                                    Terror

                                                                                     Pavor

                                                                                                       Temor…

 

Existe outra prenda ainda mais temida que as caixinhas de chocolate. O chocolate tem apenas um senão: é hipercalórico e pode acrescentar uns pneuzinhos às nossas esbeltas figuras quando comido em excesso. De resto, é do melhor que há – docinho, saboroso, macio e capaz de colmatar algumas carências afectivas momentâneas (ou não!).

 

Lembram-se da minha prima R. que eu referenciei no post Hipocrisia Familiar? As suas prendas são as mais temidas por toda a família. Não se ponham já a imaginar que ela oferece algo nocivo ou envenenado. Não. É a sua incapacidade e inabilidade para fazer muitas coisas, a sua falta de imaginação, a sua desorganização, e os cifrões à frente do nariz que a fazem agir assim.

 

Somos quatro primas que sempre convivemos e morámos perto. E como é óbvio, na altura do Natal, sempre trocámos prendas entre nós. Hoje em dia, quem tem filhos, recebe prendas para as crianças mas quem não tem… Que é o caso da minha prima P. e o meu. Então lá recebemos nós um presentinho… não desejado!

 

Para nós, as receptoras dos famosos presentes não desejados, é um mistério a fonte onde ela os vai buscar. Ou são a custo zero da empresa onde trabalha, ou vêm da loja da mãe. Mas acredito que a primeira hipótese é a mais provável.

Tudo leva a crer que ela transformou estas prendas não desejadas em tradição. O N. andou a fazer balanço aqui em casa e nós, graças a ela, já temos seis! Sim, seis! Será que ela se esquece a quem oferece tal prenda?!

 

E agora perguntam vocês: mas que raio de prenda é essa, afinal? A prenda é… uma garrafa de vinho do Porto!!!! Aaaaaargh! I hate Oporto wine! Odeio vinho do Porto! Mas mesmo que gostasse, já estava abastecida de vinho do Porto para os próximos 50 anos! Eu não sou exigente com nada, muito menos com prendas, mas é preciso ter um pouco de bom senso! Seis garrafas?! Bolas! Já nem tenho espaço na garrafeira.

Ainda se fosse um Licor beirão… ou uma Amarguinha…

 

Percebem agora o receio que nós temos em receber prendas da R.? Que fazemos com tantas garrafas daquela coisa? Nós nem gostamos.. Oferecemos a outros? Hummm… não acho justo! Já pedi à minha mãe para dar um toque à minha tia mas ela recusa-se. E agora?! É que este ano recebi mais uma…